Coronavírus: pandemia afeta velocidade de internet em países com isolamento social

Com o decreto de quarentena feito por diversos países no mundo, devido à pandemia de coronavírus, as pessoas passam a utilizar mais internet, uma vez que ficarão mais tempo em casa. E parece que isso já tem causado problemas pelo mundo.

Segundo um levantamento do site Speedtest.net, o número de usuários que acessam a internet simultaneamente poderá ser o maior já visto na história. Alguns países, inclusive, têm sentido queda em performance por isso.

Dois dos primeiros grandes impactados com o Covid-19, a China e a Itália já sofreram com problemas de conexão desde que o surto ficou mais forte em seus respectivos territórios. A nação asiática, por exemplo, teve diminuição da velocidade de internet detectada na segunda metade de janeiro, momento em que a crise atingiu o pico no local.

Já no país europeu, os problemas devido à grande demanda foram identificados no final de fevereiro e têm acontecido sem parar desde então. Além da baixa na velocidade, os italianos também contam com maior latência na internet.

Speedtest.net também percebeu quedas na velocidade em algumas regiões dos Estados Unidos, nesta terceira semana de março, na banda larga fixa. Outra alteração foi uma variação na latência da internet móvel.

Dentro do território brasileiro, as operadoras têm aumentado a velocidade dos clientes com o objetivo de amenizar qualquer tipo de problema. No entanto, como o período de isolamento social ainda está no início, não se sabe quais serão os impactos no futuro.

O certo é que ampliar a velocidade de conexão não adiantará se a infraestrutura não conseguir suportar a alta demanda que está por vir nas próximas semanas.

Fonte: Tudo Celular

× Olá! Como posso lhe ajudar?